27/11/2017 15:42

Oficina Permanente de Teatro (OPT realiza Aula Aberta à comunidade, nesta terça-feira, dia 28/11, às 20 horas. Clic na imagem e saiba mais.

27/11/2017 15:40

Espetáculo ‘A mão na face’ estreia no Teatro da UFSC nesta quinta, 30/11, às 20h. Gratuito e aberto à comunidade. Clic na imagem e saiba mais.

Espetáculo ‘A mão na face’, com alunos de Artes Cênicas, estreia no Teatro da UFSC nesta quinta, 30/11

27/11/2017 15:38

.

O espetáculo teatral ‘A mão na face” estreia nesta quinta-feira, 30 de novembro, às 20 horas, no Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha). Trabalho de graduandos do Curso de Artes Cênicas da UFSC, a peça é sobre duas Drags que conversam sobre suas vidas no camarim do cabaré. A entrada é gratuita e aberta à comunidade. Os ingressos serão distribuídos uma hora antes do início da apresentação da peça.

Sinopse

Entre um show e outro, desejos e desencantos. Entre batons, purpurinas e perucas de canecalon, diálogos e devaneios de uma quase vida. O camarim de um cabaré. A leveza de quem ainda acha que pode mudar alguma coisa. O peso das escolhas da vida. Há escolha? Ainda é cedo. ‘A Mão na Face’ é um espetáculo sobre duas Drags que envolve coragem, sensibilidade e prostituição. É chegado o momento em que precisamos fazer as pazes com tudo o que fomos e mesmo com o que deixamos de ser. Embora algumas memórias preferíssemos ofuscadas, o público é convidado a encarar os espelhos e adentrar um universo de sonhos, frustrações e resistência.

A montagem

A montagem de “A Mão na Face” é resultado das disciplinas de Atuação IV e Encenação IV da oitava fase do curso de Artes Cênicas da UFSC, ministradas pelos professores Débora Zamarioli e Almir Ribeiro. O texto de Rafael Martins conta com atuação de Robson Esteves e Willian Mario, e direção geral de Patrícia Linhares. Os servidores técnicos Rachel Dantas, Gabriel Guedert, Guilherme Rotulo e o bolsista Gleydson Garcia dos Laboratórios de Figurinos, Iluminação e Cenotécnica, respectivamente, colaboraram na concepção do trabalho. A produção do espetáculo ficou por conta da Cia Isso Não Quer Dizer Nada.

Sobre a Cia:

A Cia conta com 4 integrantes graduandos do Curso de Artes Cênicas da UFSC: Arthur Dobler, Patrícia Linhares, Robson Esteves e Willian Mario. Juntos desde 2015, iniciaram sua trajetória de pesquisa com o Simbolismo de Maurice Maeterlinck, poeta, dramaturgo e principal expoente do teatro simbolista, mais especificamente com sua obra ‘A Intrusa’, escrita em 1890, sendo esta a primeira montagem teatral do grupo. Seguindo com uma linguagem híbrida, o grupo montou um espetáculo de Clown: ‘Clown is the New Palhaço’, trabalho este que foi selecionado para participar do Festival Internacional de Teatro em Fez, Marrocos, no início deste ano. Sua mais nova montagem é ‘A Mão na Face’, criado com muito trabalho, dedicação e, principalmente, humanidade.

Atuação de Robson Esteves e Willian Mario.

Direção Geral de Patrícia Linhares.

Texto de Rafael Martins.

 

SERVIÇO:

O QUÊ: Estréia do espetáculo teatral “A Mão na Face”

QUANDO: 30 de novembro de 2017, quinta-feira, às 20 horas

ONDE: Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha), Praça Santos Dumont, Trindade, Florianópolis-SC

QUANTO: Gratuito e aberto à comunidade. O Teatro será aberto uma hora antes do início do espetáculo para distribuição dos ingressos (lugares: 108)

DURAÇÃO: 75 minutos – CLASSIFICAÇÃO: 14 anos

CONTATO: Produção: (48) 9 9628-6012 // DAC / Teatro da UFSC – www.dac.ufsc.br

 

[CW] DAC: SeCArte: UFSC, com texto e fotos do grupo.

Oficina Permanente de Teatro (OPT) realiza Aula Aberta à comunidade, nesta terça-feira, 28/11

26/11/2017 22:42

.

Momento da OPT, no palco do Teatro da UFSC, em 2017

A Oficina Permanente de Teatro (OPT) do Departamento Artísitico Cultural (DAC)/SeCArte da UFSC, realiza uma ‘Aula Aberta’ de encerramento do semestre nesta terça-feira, 28 de novembro, às 20 horas, no Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha). A Aula Aberta é gratuita e aberta à comunidade.

Nessa aula, serão apresentados processos das experiências dos atores com o uso do objeto em cena, com aulas propostas por Mhyrlei Lopes, e a descoberta do cômico através de jogos e exercícios de palhaçaria e improvisação, propostos por Everton Lampe. (Veja mais sobre as oficinas no link Cursos e Oficinas de Arte do site www.dac.ufsc.br)

Sobre os Ministrantes

Mhiley Lopes

Atriz, professora, é mestre em Teatro pelo Programa de Pós-Graduação em Teatro da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Licenciada em Educação Artística com Habilitação em Artes Cênicas pela UDESC, em 2005; Curso Avançado de Mimo Corporal pela International School of Corporeal Mime de Londres, 2007.

Everton Lampe

Mestre em Teatro pelo Programa de Pós-Graduação em Teatro da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Graduado em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Estudante de intercâmbio acadêmico do Departamento de Artes na Université Lille III – France (2013). Propõe vivências na área de Artes, com ênfase em processos híbridos de criação. Intervenção Urbana, Performance Art, e plasticidade da cena – teatro: iluminação e cenografia. Trabalha também como ator e encenador teatral.

Oficina Permanente de Teatro

A OPT tem por objetivo uma vivência na área das Artes Cênicas compreendendo o estudo teórico e a vivência teatral. Possui uma grade disciplinar básica denominada “de como ser para representar outro ser”. A cada turma, dependendo da vocação do grupo aí formado, ela realiza o processo de montagem seguindo a tendência natural do grupo. Esta vivência poderá ser de Teatro de Rua, de Mímica, de montagem dos Clássicos. Desde 1982, a Oficina Permanente de Teatro realiza suas atividades na formação do ator/cidadão. Os participantes da oficina recebem certificados que são válidos ao registro para o DRT de ator-atriz. A OPT é coordenada por Carmen Fossari, que dirige o Grupo Pesquisa Teatro Novo/UFSC, formado, também, por alunos egressos da OPT. A Aula Aberta contará com Luciano Bueno na técnica, fazendo a iluminação.

A OPT é um projeto permanente do Departamento Artístico Cultural (DAC), da Secretaria de Cultura e Arte (SeCArte) da UFSC.

Carmen Fossari

Natural de Florianópolis (SC), Carmem Fossari é pós-graduada em Literatura Brasileira, pela UFSC, com opção em Teatro.  Doutoranda do PPGEGC /EGC/UFSC. Diretora de Artes Cênicas no Departamento Artístico Cultural (DAC) da UFSC. Coordenadora e ministrante da Oficina Permanente de Teatro da UFSC. Diretora Artística e fundadora do Grupo Pesquisa Teatro Novo/UFSC. Lecionou Dramaturgia na Faculdade de Cinema e Vídeo da Unisul.

Recebeu inúmeros prêmios estaduais e nacionais, bem como representou o Brasil com espetáculos que dirigiu, escreveu e atuou nos seguintes países: Porto Rico, México, Paraguai, Argentina, Chile, Colômbia e Portugal. Esteve com espetáculos no Chile por sete vezes, onde mantém convênio através do GPTN/UFSC com a “Cia. La Carreta” que coordena, naquele país, o ENTEPOLA – Encontro de Teatro Popular Latino Americano.

 

SERVIÇO:

O QUÊ: Uso de Objetos Em Cena e Palhaçaria: Aula Aberta da Oficina Permanente de Teatro (OPT) da UFSC.

QUANDO: Dia 28 de novembro de 2017, terça-feira, às 20 horas.

ONDE: Teatro da UFSC (ao lado da Igrejinha), Praça Santos Dumont, Trindade, Florianópolis-SC

QUANTO: Gratuito e aberto à comunidade

CONTATO: (48) 3721-2498 ou (48) 3721-3853 – visite www.dac.ufsc.br

 

[CW] DAC: SeCArte: UFSC, com informações da coordenação da oficina.

22/11/2017 15:21

Projeto Sessão Sênior de Cinema exibe “Anauê!”, de Zeca Pires, em ‘sessão aberta”, com debate, dia 23/11. Gratuito e aberto à comunidade. Clic na imagem e saiba mais.